domingo, 6 de setembro de 2015

Por Que Pessoas Boas Sofrem?

http://osmormons.com/por-que-as-pessoas-boas-sofrem/
Criança Siria

Por que as Pessoas Boas Sofrem?

Vemos muita gente iníqua se dando bem, e muitas pessoas boas sofrendo muito nesta vida.


Como podemos explicar isso?


Uma foto chocou o mundo, mostrando um menino de três anos morto, numa praia, depois que o barco onde ele estava com a mãe, irmão e pai naufragou.
Só o pai sobreviveu nessa frustrada tentativa de fugir de áreas de guerra, para outros países onde pensam encontrar melhores condições de vida.
Milhares de imigrantes morrem tentando a travessia para a Europa. Dentre esses milhares, muitos são boas pessoas e crianças.
Por que coisas como essas acontecem?
Será que conseguiremos algum dia entender por que pessoas boas sofrem?
Se não acreditarmos num Criador, a resposta para essas perguntas fica muito difícil, mas para quem acredita, temos algumas explicações que talvez possam ser consoladoras.
Paulo Apóstolo, escrevendo aos coríntios a respeito da ressurreição dos mortos, nos diz que,
“Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.”(I Corintios 15:19)
Paulo nos ensina a termos uma perspectiva eterna, e a não pensar que a vida acaba com a morte.
Com essa nova perspectiva, podemos confiar que Deus sabe o que faz, e devido o arbítrio dos homens, Ele permite que tais coisas ruins aconteçam, e isso têm um sábio propósito, mesmo que nós ignoremos. Ele tudo faz para o bem final de todos os homens.
Todos conhecem a história de Jó, “homem sábio e reto” que sofreu horríveis provações. No final, vemos que Jó recebeu em dobro todos os filhos e bens que havia perdido, e como ele era um homem justo, com certeza está num lugar glorioso agora, depois que deixou esse mundo mortal.
Por que vida parece tão difícil? Por que parece haver tanta tristeza, ódio e infelicidade no mundo? Por que inocentes sofrem? Se a intenção do Senhor é que cada pessoa encontre alegria, pois “os homens existem para que tenham alegria” (2 Néfi 2:25), por que tantas pessoas são infelizes?
Para termos alegria e felicidade, nosso Pai Celestial preparou um plano. Esse plano é conhecido como o Plano de Salvação, também mencionado nas escrituras como Plano de Felicidade, Plano de Misericórdia ou Plano de Redenção, cujo objetivo principal é proporcionar a imortalidade e a vida eterna a cada um de Seus filhos.
Esse plano prevê que vivamos nesta Terra e estejamos sujeitos às leis naturais e às da física. Estamos também sujeitos às conseqüências do pecado, das escolhas que fazemos e das que outras pessoas fazem. Mas, aconteça o que acontecer, somos filhos de Deus e Ele nos ama. Ele sabe, e quer que nós saibamos, que o tempo que passaremos nesta Terra é apenas uma pequena parte da vida eterna. Deus não se alegra com o sofrimento, mas sabe que as dificuldades, seja qual for a origem delas, são capazes de fazer com que os filhos se acheguem a Ele e com que se tornem mais fortes.
Jesus Cristo, o Filho de Deus, suportou todas as coisas. Ao o procurarmos, poderemos ter certeza de que Ele nos compreende e é capaz de ajudar-nos a passar pelas provações por meio do amor Dele e da orientação que Ele concede.
As provações e adversidades fazem parte desta vida. Mas quando compreendemos que Deus tem um objetivo e um plano para nós e que o nosso Salvador, Jesus Cristo, pode conceder-nos consolo e paz, até nos momentos mais difíceis, vemos essas provações de modo diferente. Não há uma resposta simples, mas se tivermos fé em Deus e em Seu plano, poderemos ficar certos de que tudo que acontece nesta Terra tem um propósito.
Acreditamos no Plano de Salvação? Estamos dispostos a pagar o preço da felicidade?
“Mas eis que os justos, os santos do Santo de Israel, os que tiverem acreditado no Santo de Israel, os que tiverem suportado as cruzes do mundo e desprezado a sua vergonha, herdarão o reino de Deus, que foi preparado para eles desde a fundação do mundo; e sua alegria será completa para sempre” (2 Néfi 9:18).
Nosso Pai Celestial quer que cada um de nós receba a plenitude de Suas bênçãos. Ficaremos desencorajados por causa das calamidades que estão acontecendo no mundo? Não! Sejamos otimistas. Tenhamos fé no futuro, sabendo que o Plano de Salvação é verdadeiro. Confiemos no plano, tenhamos fé no Salvador e perseveremos até o fim. Nunca nos esqueçamos de que somos filhos do Pai Celestial e que somos irmãos. Se algum de nossos irmãos sofre, que possamos sofrer juntos para consolar, afinal, somos irmãos!
Enquanto não soubermos todas as respostas, vamos viver pela fé, confiando em Deus, que é Bom, e que saberá recompensar a todos os que merecerem, seja nesta vida ou na eternidade. Além disso, precisamos pensar o que poderemos fazer para tornar nosso mundo melhor. O que nós aprendemos com a história triste destas crianças sírias? O que poderemos mudar daqui para frente? Uma coisa boa sabemos e temos certeza: esta criança, como tantas outras que sofreram e morreram foram para os braços de Nosso Pai da Misericórdia e do Amor. Tudo isso por causa de Cristo (Ver D&C 137:10 ; Mosiah 3:18). Pense nisto!
(Luiz Polito)

Nenhum comentário:

Postar um comentário