quinta-feira, 4 de julho de 2019

NUNCA É TARDE DEMAIS PARA RECONSTRUIR


NUNCA É TARDE DEMAIS PARA RECONSTRUIR


De acordo com Bob Marley, “todos caem, mas apenas os fracos continuam no chão”. Bob Marley morreu de câncer em 1981. Teve 12 filhos (dois adotados) e foi um dos cantores mais famosos do mundo.
Enquanto morria, “A sua mãe segurava a sua mão aos prantos enquanto Bob a consolava pedindo que secasse as lágrimas dizendo: “Mãezinha não chores. Vou à frente para preparar um lugar.” 
À sua maneira, Bob Marley sabia que a morte não é o fim de nada.Muitos outros cantores, tais como Raul Seixas, também nos incentivaram a nunca desanimar. 
“Tente Outra Vez” é uma de suas melhores canções, onde ele canta:
Tente! (Tente!)E não diga que a vitória está perdida,Se é de batalhas que se vive a vidaTente outra vez!
Todos passam por momentos difíceis na vida, e muitos caem sem forças para levantar e alguns ficam caídos, enquanto outros, buscando forças dentro de si mesmos e na fé num Criador, levantam e continuam a sua caminhada na vida, até cumprirem com a missão que foi proposta para eles antes de nascerem.
Todos nós temos uma missão a cumprir, e conforme escreveu Richard Bach, autor do livro “Fernão,Capelo e Gaivota”, Eis aqui um teste para verificar se a sua missão na Terra está cumprida: se você está vivo, não está.”

Uma poesia de Galeão de Queiroz, chamada "Reconstruir" nos mostra que sempre existe uma esperança:

RECONSTRUIR

Se malograram todos os teus planos,

Se tudo se perdeu num turbilhão:

Sonhos, desejos, ânsias e projetos,

Não desesperes, meu irmão!

Diante de ti, que és moço,

Ainda tem tantos anos!

Por que pensar que todo esforço será vão?

Malograram também tantos arquitetos

Sem descrer nunca da reconstrução!

Ficaste só, sem beijos, sem carinho:

Sem a carícia de um carinho terno?

Todos os anos, quando passa o inverno,

O pássaro constrói novamente o seu ninho…

Toma esse exemplo.

vida é quem te indica o caminho a seguir.

Mesmo perdendo tudo, alguma coisa fica:

FICA O CONSOLO DE RECONSTRUIR!”


O Mestre dos mestres, Jesus Cristo, no Sermão da Montanha, também nos ensina e conforta quando diz:

Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas serão acrescentadas a vocês.

Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal. (Mateus 6:33-34)

Jesus se referia a não nos preocuparmos com nosso sustento, nosso vestuário, nossa vida. 
Ele nos garante que Deus está no controle de tudo, e embora nossa visão seja apenas do tempo presente, o Criador sabe o passado, o presente e o futuro, e quem confiar n’Ele, certamente não se arrependerá.
O Senhor também disse ao Profeta Isaías:
Venham, vamos refletir juntos”, diz o Senhor. “Embora os seus pecados sejam vermelhos como escarlate, eles se tornarão brancos como a neve; embora sejam rubros como púrpura, como a lã se tornarão. (Isaías 1:18).
Embora existam alguns poucos pecados imperdoáveis, (que poucas pessoas conseguem cometer) todos os outros pecados, por mais sérios que sejam, podem ser perdoados, e a paz voltar aos  corações, desde que haja sincero arrependimento.
Se você se atormenta com coisas cometidas no passado, ou acha que para você não tem mais chance, e que tudo está perdido, saiba que esse sentimento já afligiu muita gente. 
Só que esse sentimento não vem de Deus, mas do Mal, portanto, lute contra ele, buscando ajuda na oração, na leitura das Escrituras, e até na ajuda de profissionais da saúde ou de líderes religiosos inspirados.
Se você fracassou nos negócios e ficou endividado, saiba que você não é o único, e nem o último. 
Com fé e trabalho, você poderá reverter a situação, embora possa até demorar muito tempo.
O importante é não desistir nunca
Acreditar que tudo poderá ser melhor no futuro, ter fé em si mesmo e em Deus.Sábio é quem olha sempre para a frente, sabendo que “para trás inexistem os horizontes”.

Artigo de Luiz Polito)

POR QUE AS PESSOAS BOAS SOFREM?


  • POR QUE AS PESSOAS BOAS SOFREM?
  • Postado por Luiz Polito | 

    Vemos muita gente iníqua se dando bem, e muitas pessoas boas sofrendo muito nesta vida.Como podemos explicar isso?
    Uma foto chocou o mundo, há alguns anos, mostrando um menino de três anos morto, numa praia, depois que o barco onde ele estava com a mãe, irmão e pai naufragou.
    Só o pai sobreviveu nessa frustrada tentativa de fugir de áreas de guerra, para outros países onde pensam encontrar melhores condições de vida.
    Milhares de imigrantes morrem tentando a travessia para a Europa. Dentre esses milhares, muitos são boas pessoas e crianças.
    Por que coisas como essas acontecem?
    Será que conseguiremos algum dia entender por que pessoas boas sofrem?
    Se não acreditarmos num Criador, a resposta para essas perguntas fica muito difícil, mas para quem acredita, temos algumas explicações que talvez possam ser consoladoras.
    Paulo Apóstolo, escrevendo aos coríntios a respeito da ressurreição dos mortos, nos diz que,
      “Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.”(I Corintios 15:19)
    Paulo nos ensina a termos uma perspectiva eterna, e a não pensar que a vida acaba com a morte.
    Com essa nova perspectiva, podemos confiar que Deus sabe o que faz, e devido o arbítrio dos homens, Ele permite que tais coisas ruins aconteçam, e isso têm um  propósito, mesmo que nós ignoremos. Ele tudo faz para o bem final de todos os homens.
    Todos conhecem a história de Jó, “homem sábio e reto” que sofreu horríveis provações. No final, vemos que Jó recebeu em dobro todos os filhos e bens que havia perdido, e como ele era um homem justo, com certeza está num lugar glorioso agora, depois que deixou esse mundo mortal.
    Por que a vida parece, às vezes, tão difícil? Por que parece haver tanta tristeza, ódio e infelicidade no mundo? Por que inocentes sofrem? Se a intenção do Senhor é que cada pessoa encontre alegria, pois “os homens existem para que tenham alegria” (2 Néfi 2:25), por que tantas pessoas são infelizes?
    Para termos alegria e felicidade, nosso Pai Celestial preparou um plano. Esse plano é conhecido como o Plano de Salvação, também mencionado nas escrituras como Plano de Felicidade, Plano de Misericórdia ou Plano de Redenção, cujo objetivo principal é proporcionar a imortalidade e a vida eterna a cada um de Seus filhos.
    Esse plano prevê que vivamos nesta Terra e estejamos sujeitos às leis naturais e às da física. Estamos também sujeitos às conseqüências do pecado, das escolhas que fazemos e das que outras pessoas fazem. Mas, aconteça o que acontecer, somos todos filhos de Deus e Ele nos ama. Ele sabe, e quer que nós saibamos, que o tempo que passaremos nesta Terra é apenas uma pequena parte da vida eterna. Deus não se alegra com o sofrimento, mas sabe que as dificuldades, seja qual for a origem delas, são capazes de fazer com que os filhos se acheguem a Ele e com que se tornem mais fortes e aperfeiçoados.
    Jesus Cristo, o Filho de Deus, suportou todas as coisas. Ao o procurarmos, poderemos ter certeza de que Ele nos compreende e é capaz de ajudar-nos a passar pelas provações por meio do amor Dele e da orientação que Ele concede.
    As provações e adversidades fazem parte desta vida. Mas quando compreendemos que Deus tem um objetivo e um plano para nós e que o nosso Salvador, Jesus Cristo, pode conceder-nos consolo e paz, até nos momentos mais difíceis, vemos essas provações de modo diferente. 
    Acreditamos no Plano de Salvação? Estamos dispostos a pagar o preço da felicidade?
    “Mas eis que os justos, os santos do Santo de Israel, os que tiverem acreditado no Santo de Israel, os que tiverem suportado as cruzes do mundo e desprezado a sua vergonha, herdarão o reino de Deus, que foi preparado para eles desde a fundação do mundo; e sua alegria será completa para sempre” (2 Néfi 9:18).
    Nosso Pai Celestial quer que cada um de nós receba a plenitude de Suas bênçãos. Ficaremos desencorajados por causa das calamidades que estão acontecendo no mundo? Não! Sejamos otimistas. Tenhamos fé no futuro, sabendo que o Plano de Salvação é verdadeiro. Confiemos no plano, tenhamos fé no Salvador e perseveremos até o fim. Nunca nos esqueçamos de que somos filhos do Pai Celestial e que somos irmãos. Se algum de nossos irmãos sofre, que possamos sofrer juntos para consolar, afinal, somos irmãos!
    Enquanto não soubermos todas as respostas, vamos viver pela fé, confiando em Deus, que é Bom, e que saberá recompensar a todos os que merecerem, seja nesta vida ou na eternidade. Além disso, precisamos pensar o que poderemos fazer para tornar nosso mundo melhor. . Pense nisto!

QUANDO TUDO PARECE DAR ERRADO E NÃO VEMOS A LUZ NO FIM DO TÚNEL

QUANDO TUDO PARECE DAR ERRADO E NÃO VEMOS A LUZ NO FIM DO TÚNEL

Em tempos de crise, como vivemos agora no Brasil, muitos perdem emprego, não têm dinheiro suficiente para pagar as contas, acabam ficando doentes, ou enfrentam desafio maiores ainda, como uma doença séria
.
A primeira coisa que vem em nossa mente é que somos imprestáveis, ou incapazes de viver uma vida feliz e realizada.
Isso não é verdade, mesmo porque todos os que atingiram o sucesso em qualquer área, antes passaram por grandes desafios, fracassos e decepções.
Todos, nessa vida mortal, vão passar por provações que lhe “tirarão a pele”, mas não se deve desesperar – por mais escuro que seja a situação.
Tem um site na internet que gostei bastante, que dá dicas para quando parece que tudo dá errado. Vejam em
http://vivamaisverde.com.br/…/8-verdades-para-serem-lembrad…
Além de tudo o que diz no artigo, não devemos esquecer que somos filhos de Deus, criados para sermos felizes. Também devemos lembrar que essa vida é uma “provação”, uma “escola” e um “teste”. De acordo com nosso merecimento em enfrentar tais desafios da vida, obteremos a merecida recompensa.
“A vida é para ser vivida, e não sofrida”, diz um ditado.
Tudo pode ser resolvido, no devido tempo, da maneira correta, desde que se tenha fé em si mesmo e no nosso Pai Celestial, e em Jesus Cristo, Aquele que sentiu todas as nossas dores e padeceu por todos os nossos pecados.
A fé é a chave.
“Oremos, como se tudo dependesse do Senhor, e trabalharemos como se tudo dependesse de nós”.

Artigo de Luiz Polito
(Publicado anteriormente no extinto site OsMormons)

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Genealogia e o Milênio de Paz

As Pessoas Mudam?

AS PESSOAS MUDAM?

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

15 coisas que todo homem apaixonado deve saber

15 coisas que todo homem apaixonado deve saber

Um homem apaixonado é capaz de fazer coisas que normalmente não seria capaz. A paixão é um turbilhão, e como um furacão, tanto pode levar o homem às alturas da felicidade como pode jogá-lo estrondosa

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

COMO POSSO SABER SE FUI MESMO PERDOADO POR DEUS?

COMO POSSO SABER SE FUI MESMO PERDOADO POR DEUS?



     Um de nossos maiores inimigos, no que diz respeito à nossa saúde espiritual, é a grande dificuldade que temos de perdoar a nós mesmos. "Será que Deus poderá me perdoar algum dia de todos os meus pecados?", pensamos angustiados. Como posso saber se fui mesmo perdoado por Deus?
Um de nossos maiores inimigos, no que diz respeito à nossa saúde espiritual, é a nossa dificuldade
que temos de perdoar a nós mesmos.
     Que castigo será que mereceria, se nós fôssemos nós os juízes, se um homem, que já era riquíssimo, poderoso, e que já tinha muitas esposas, e se ele se engraçasse com a esposa de um simples soldado, homem justo e bom, e adulterasse com ela em segredo?E se, para piorar muito as coisas, esse poderoso homem, usando de sua influência política e militar
enviasse uma ordem (pelo próprio soldado!) para o superior de tal soldado justo, para que o mesmo
fosse colocado na linha de frente numa batalha, para que o soldado fosse morto logo, para que o
adúltero e poderoso senhor tomasse para ele a esposa do soldado?

     Vamos deixar que o próprio poderoso senhor, que era rei em Israel, o Rei Davi, responda tal
pergunta, ao ser questionado pelo profeta de Deus, Natã, devido a Davi ter cometido exatamente tal
pecado de adultério e assassinato:
Em II Samuel 12:10–31 podemos ler a resposta do Rei Davi a Natã:
”Então o furor de Davi se acendeu sobremaneira contra aquele homem,(ou seja, contra o homem
rico e poderoso que tomou a mulher do homem pobre e justo) e disse ao (profeta) Natã: - Vive o
SENHOR, que digno de morte é o homem que fez isso. E pela cordeira (esposa roubada) restituirá o
quadruplicado, porque fez tal coisa, e porque não se compadeceu”.

     Natã, com a coragem que é exigida dos profetas de Deus, confrontou o Rei: “Então disse Natã a Davi: Tu és este homem. Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Eu te ungi rei sobre Israel, e eu te livrei das mãos de Saul, e te dei a casa de teu senhor, e as mulheres de teu senhor em teu seio, e também te dei a casa de Israel e de Judá, e se isto é pouco, mais te acrescentaria tais e tais coisas. Por que, pois, desprezaste a palavra do SENHOR, fazendo o mal diante de seus olhos? A Urias, o heteu, feriste à espada, e a sua mulher (Bete-Seba) tomaste por tua mulher; e a ele mataste com a espada dos filhos de Amom”
O GRAVE PECADO DE DAVI
     Conforme a resposta do próprio Deus, através de Natã, Davi cometeu dois graves pecados: adultério
e assassinato. Com o desenrolar da narrativa da história de Davi, vemos seu grande arrependimento,
e suas súplicas por perdão divino. E vemos que o Senhor o perdoou de seus pecados, porque Davi,
apesar de ter cometido pecados tão sérios, se esforçou verdadeiramente durante a vida inteira para ser um homem justo e para obter o perdão de seus pecados.
     Será que Davi merecerá TODAS as indizíveis e grandiosas bênçãos que Deus têm reservado para as
pessoas valentes e fiéis que, apesar de não conseguirem ser perfeitas, guardam todos os
mandamentos de Deus? A revelação moderna diz que Davi não receberá TODAS as bênçãos, mas
que foi perdoado e não será enviado ao inferno, e receberá uma glória menor.Na Bíblia encontramos essas reconfortadoras palavras a respeito do futuro eterno de Davi:
“Portanto, está alegre o meu coração e se regozija a minha glória; também a minha carne repousará segura. Pois (tu, óh Deus) não deixarás a minha alma no inferno.” (Salmo 16:9-10)

O QUE É ARREPENDIMENTO
     Vemos portanto, que apesar de Davi ter cometido sérios pecados, ele receberá perdão e merecerá
bênçãos grandiosas de Deus, por ter-se arrependido sinceramente de seus pecados.E o que é o arrependimento sincero?
     “O arrependimento é como um sabão. É o sabão da vida. Como o sabão, ele limpa os pecados da vida. É para ser usado com a freqüência que for necessária. Devemos manter em mente, no entanto,que o uso inadequado — falta de limpeza  total e esforços não sinceros — resulta em uma cor acinzentada, encardida. No entanto, quando usado devidamente, o sabão da vida, limpa por
completo e permanentemente. (…)Um dia (…) seremos levados diante do tribunal do Senhor. Lá permaneceremos com manchas, sujos e impuros, ou por aceitação e aplicação da grande e maravilhosa dádiva de limpeza — pelo sabão da vida — estaremos limpos, perdoados e puros diante do Senhor. Na próxima vez em que usar sabão, você poderá também pensar em limpar seu espírito aplicando-lhe o sabão da vida, a lei universal do arrependimento.” (“Repentance”,Improvement Era, novembro de 1968, pp. 64, 67)
    O Presidente Harold B. Lee ensinou: “O mais importante de todos os mandamentos de Deus é
aquele que você está tendo mais dificuldade em guardá-lo hoje. Se estiver relacionado à desonestidade, à castidade, à falsidade, a não dizer a verdade, hoje é o dia para esforçar-se até que seja capaz de vencer essa fraqueza. E depois então, comece pelo próximo que for mais difícil de cumprir”. (“Californians Hear President Lee”,Church News, 5 de maio de 1973, p. 3)

UMA HISTÓRIA MODERNA DE ARREPENDIMENTO E PERDÃO
     O Élder Sterling W. Sill, contou a história a seguir: “Há algum tempo conversei com uma senhora de 53 anos de idade, que cometera uma transgressão moral aos 18. Ela sabia que seu pecado era grave, mas, por haver-se arrependido milhares de vezes, podemos confiar na promessa do Senhor de que fora perdoada. No entanto, ela nunca se perdoou. Por sentir-se impura e inferior, afastou-se de suas amizades, recusou casar-se e tornou-se uma espécie de reclusa social e espiritual. Durante 35 anos, ela degradou-se a si mesma, com acusações e recriminações pessoais. Sua vida de remorso transformou-se em algo muito abaixo da pessoa maravilhosa que Deus pretendia que ela fosse. Seu pecado aos 18 anos fora muito grave, mas durante 35 anos ela o tornara ainda maior, desperdiçando a coisa mais valiosa do mundo, que é uma esplêndida vida humana.” [What Doth It Profit(1965), p. 183]
     “Quando ficamos remoendo nossos fracassos e erros, ou continuamos a abrigar no coração
ressentimentos, recusando-nos a perdoar a nós mesmas ou aos outros, desperdiçamos tempo e
energia, sem realizar coisa alguma, e inibimos nosso progresso espiritual.”( O Perdão, lição 8 )

COMO SABER SE FOMOS PERDOADOS POR DEUS?
    Essa é uma pergunta recorrente que muita gente tem nas suas mentes, embora não a externem a
ninguém, geralmente. Essa é também uma das melhores armas de Satanás, ao nos sussurrar assim:
“-Você não tem mais jeito! Você é um caso perdido. Por que ficar evitando de pecar, se você já
cometeu AQUELE pecado?Esqueça esse negócio de Igreja e aproveite a vida!”. É dessa forma, segundo Nefi, que Satanás nos engana (se nós não confiarmos em Deus e nas Suas promessas) e nos conduz “cuidadosamente”ao inferno.
    Uma das maneiras que podemos saber se fomos perdoados é através do Espírito Santo. Se, apesar
de nossa mente carnal ficar nos relembrando de nossos erros passados, nós sentirmos que nos
arrependemos verdadeiramente de nossos erros, poderemos saber que fomos perdoados.
Através do perdão da Igreja, também, podemos saber que poderemos obter o perdão divino. Não é a
Igreja que perdoa, mas sim Deus; os líderes inspirados podem, porém, ser porta-vozes do Senhor
para nos transmitir  a promessa divina do perdão dos pecados.
      Quando eu me batizei na Igreja, há uns 40 anos, eu me senti muito bem, me senti leve como nunca
sentira. Contudo, devido a um ensinamento que eu adquirira num livreto das Testemunhas de Jeová,
eu entendera mal a questão do pecado imperdoável, e isso me angustiava a alma. Eu achava então
que, por ter-me afastado da Igreja Católica, após a primeira comunhão, e ficar tantos anos sem
frequentar igreja nenhuma, talvez eu já tivesse cometido o pecado imperdoável.
     Hoje isso me parece ridículo, mas naquele tempo de membro novo esse pensamento me perturbava.
Deus, porém, colocou em meu caminho um abençoado missionário, Elder Xavier, com quem fui
dar uma acompanhar numa palestra. Comentei com ele sobre o assunto do pecado imperdoável e ele, sabiamente, e com coragem, disse-me:
“-Você não cometeu esse pecado imperdoável. Pode esquecer isso! Prometo que, se por acaso você
tiver que responder por isso, EU ASSUMO o pecado sobre mim! Porque sei que você não cometeu
tal coisa!Pode ficar tranquilo quanto a isso.”
     Essas palavras me tranquilizaram muito. O Elder Xavier foi realmente inspirado ao dizer isso, porque aquele jovem recém-batizado, há 40 anos, que sou eu, estou na Igreja SUD até hoje, já servi uma missão de tempo integral e trabalhei (e trabalho), voluntariamente, em cargos e responsabilidades na Igreja.

     Uma promessa final:
Se você, ao alcance de minhas palavras (por estar lendo isso), achar que já está perdido, que não
tem mais chance de ser perdoado, saiba que isso não é verdade! Deus tem um amor incondicional
por todos e cada um de nós, de tal forma que receberemos muito além do que achamos que
merecemos! Na casa do pai existem “muitas moradas”. 
     Ele nos recompensará aqui e no além, se confiarmos em Suas promessas e nos arrependermos de nossos pecados, e trabalharmos em prol do Reino de Deus. Certamente receberemos mais do que esperamos!
    O Deus que adoramos é um Deus que quer o nosso sucesso e nossa felicidade: Ele quer que
vivamos aqui na Terra uma “esplêndida vida humana”, conforme disse Sterling Sill na história que
contei, e que confiemos que receberemos Salvação e Exaltação nos gloriosos Reinos de Glória.
Para finalizar este artigo, uma promessa de Jesus Cristo, que está em João 6:39:

"E a vontade do Pai que me enviou é esta: que de todos quantos me deu nenhum se perca, mas que o ressuscite no último dia."

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Feito o sorteio.

Como ninguém acertou o milhar do 1º prêmio, nós sorteamos entre os que curtiram e compartilharam nossa promoção.

Foi feito o sorteio ao vivo, hoje, pelo Hung Up do Google, e o ganhador foi Marcelo da Silva. Parabéns, Marcelo. Você pode escolher 77,00 reais de livros usados ou revistas, CD, etc, dentro de nosso acervo. O frete é por nossa conta.

Abraços.

-------------

Promoção Higino Cultural
Que tal ganhar R$ 77,00 em livros, revistas, DVDs ou Cds usados, à sua escolha no nosso Sebo Online www.higinocultural.com.br ? Para participar:
1- É só curtir e compartilhar a nossa fanpage Higino Cultural com a promoção..
2. Escolha 5 números de 5 algarismos cada um e poste os seus números escolhidos nos comentários abaixo desse anúncio.
O sorteio será realizado pelo milhar do primeiro prêmio da loteria federal do dia 12 de Agosto de 2017.
Boa sorte!

terça-feira, 18 de julho de 2017

Sorteio de Livros

Higino Cultural
Publicado por Eliana Bojikian Polito17 h
Promoção Higino Cultural
Que tal ganhar R$ 77,00 em livros, revistas, DVDs ou Cds usados, à sua escolha no nosso Sebo Online www.higinocultural.com.br ? Para participar:
1- É só curtir e compartilhar a nossa fanpage Higino Cultural com a promoção..
2. Escolha 5 números de 5 algarismos cada um e poste os seus números escolhidos nos comentários abaixo desse anúncio.
O sorteio será realizado pelo milhar do primeiro prêmio da loteria federal do dia 12 de Agosto de 2017.
Boa sorte!

Ampla Livraria Online: Livros, Revistas, CDs, Vinil em mais de 30 mil títulos usados ou novos. Conheça a Higino Cultural - Sebo e Livraria Online.
HIGINOCULTURAL.COM.BR